foto1
BEM ESTAR FÍSICO E MENTAL
foto1
TREINAMENTO FUNCIONAL
foto1
PRATICA DE ESPORTE E QUALIDADE DE VIDA
foto1
RECREAÇÃO KIDS
foto1
MUDE SEU ESTILO DE VIDA
"A DIFERENÇA ENTRE TER ALGUM RESULTADO E O RESULTADO QUE VOCÊ QUER ESTÁ NO DETALHE"

Musculação: um treino menor pode produzir mais resultados? É isso mesmo. Existe um movimento muito interessante acontecendo nas salas de musculação.

Hoje se treina menos para se ter mais ganhos, cientificamente está muito bem comprovado que menos é igual a mais.

Para começar, você já prestou atenção no que anda comendo? Pode ser que você esteja sabotando seus treinos sem perceber. Uma cervejinha aqui, um pedacinho de pizza aqui e no fim do mês o seu treino foi todo por água abaixo, ou, pode ser que você até siga uma dieta específica, que foi sugerida por um nutricionista, mas você esqueceu de retornar ao médico para ajudar a alimentação. Afinal, assim como nossos músculos ” se habituam” a certos tipos de exercícios e precisam de novos estímulos, o mesmo acontece com a alimentação. Você precisa mudar sempre a dieta para que ela dê resultado.


Podemos afirmar, sem nenhum risco de errar, que definição muscular é o principal objetivo da maioria esmagadora de pessoas que procuram algum tipo de exercício físico por motivações estéticas. Se você pretende queimar a gordura do seu corpo ao ponto de deixar sua barriga tanquinho e músculos aparentes, saiba que isso não é uma tarefa fácil. Não existem fórmulas mágicas ou produtos que vão fazer isso por você sem nenhum esforço. Por isso é fundamental saber exatamente o que é preciso fazer e que tipos de atitudes precisa tomar para conquistar o tão desejado corpo sarado, rasgado, trincado, seco, firme e durinho.

Não é a toa que ter uma barriga com “quadradinhos” é o sonho de consumo de muita gente, mas se fosse simples e fácil, não seria tão desejado assim. O problema maior nessa questão é: precisamos combinar ao mesmo tempo dois grandes objetivos que são naturalmente contrários. São eles:

  1. Conquistar estrutura muscular para desenhar o formato do seu corpo.
  2. Alcançar níveis baixos de gordura corporal para que esses músculos fiquem aparentes.

Todos nós sabemos que o excesso de gordura no organismo é a principal causa de diversos problemas de saúde, porém, além desse risco, é a camada de gordura que fica estocada entre sua pele e seus músculos a grande responsável por deixar o seu corpo flácido, com a consistência mole e sem a firmeza e aparência que gostaria.

Já a musculatura desenvolvida é quem promove uma aparência mais atlética. A massa muscular deixa seu corpo tonificado e promove os contornos que deseja. Não existe outra maneira de ficar definido sem que se promova ao mesmo tempo o desenvolvimento muscular e a diminuição de gordura corporal.

Gordura não se transforma em músculos e vice-versa.

Muita gente ainda acredita nesse mito, porém não existem processos fisiológicos do organismo que causem essa transformação.  Na queima de gordura usamos exercícios para fazer o organismo gastar mais calorias e com isso utilizar o estoque de “combustível” que está armazenado nos tecidos adiposos.

Já no ganho de massa muscular, usamos exercícios que promovem determinados estímulos nas células musculares com o objetivo de provocar pequenas rupturas em suas fibras, e com isso, estimular uma adaptação que culmina no aumento dessas células.